2013 Distinção no Ano Europeu dos Cidadãos

Prémio Manuel António da Mota – Edição especial (2020)  

Em 2019 completaram-se 10 anos sobre o lançamento do Prémio Manuel António da Mota.

Desde o seu início, a Fundação Manuel António da Mota, sua promotora, procurou centrar a sua atenção nas grandes questões com que se debate a sociedade portuguesa contemporânea.

A pensar nos portugueses e nos seus problemas, premiamos projetos e debatemos temas da mais variada ordem, que consideramos de grande importância para a comunidade nacional, em nome de uma sociedade mais justa, coesa e solidária, num desígnio a que a Fundação tem permanecido fiel em toda a sua trajetória de intervenção.

No final de 2019, o mundo foi surpreendido pelo surto epidémico provocado por um novo vírus, COVID-19.

Portugal não escapou imune à pandemia.

Multiplicaram-se os esforços de prevenção, contenção e mitigação da doença, mobilizaram-se equipamentos, serviços e profissionais de saúde, e os profissionais de outras áreas foram chamados a intervir no espaço público, garantindo a segurança dos cidadãos e a prestação de serviços essenciais à comunidade.

Ameaçando a saúde e a vida, seguramente o nosso bem mais precioso, a COVID-19 provocou consequências de vulto em múltiplos aspetos da nossa existência pessoal, social e económica.

No mundo do trabalho, nas escolas, nas atividades culturais, desportivas e de lazer, tudo mudou, obrigando a um esforço de adaptação à nova realidade.

As medidas de confinamento e distanciamento social alteraram a vida de muitas pessoas e famílias, privando-as do convívio com os que lhes são mais queridos, desafiando a sua capacidade de resistência, perturbando o seu bem-estar emocional e psicológico.

O abrandamento muito significativo da atividade económica, fez crescer o desemprego e a pobreza, agravou a situação de fragilidade dos mais vulneráveis.

No lento regresso à normalidade possível, nunca como agora, e tanto quanto a nossa memória coletiva alcança, se revelou tão importante preservar a unidade e coesão nacionais para vencer a crise epidémica, relançar o crescimento económico, defender o estado social, e restaurar a esperança no futuro.

Estado, empresas, economia social, cidadãos e sociedade civil organizada, todos são chamados a dizer presente e dar resposta a este grande desafio coletivo que marcará a vida de Portugal nos próximos anos.

Nas suas edições anteriores o “Prémio Manuel António da Mota” distinguiu instituições que se destacaram nos domínios da luta contra a pobreza e exclusão social (2010), promoção do voluntariado (2011), promoção do envelhecimento ativo e solidariedade entre gerações (2012), promoção da cidadania europeia e da concretização dos objetivos nacionais inscritos na estratégia Europa 2020 (2013), naqueles que foram os Anos Europeus dedicados a estes temas, tendo distinguido em 2014 as instituições que atuam no domínio da valorização, defesa e apoio à família nas mais variadas áreas, por ocasião do 20º aniversário do Ano Internacional da Família.

Distinguiu em 2015 as instituições socialmente inovadoras nas respostas aos problemas sociais, em 2016 consagrou instituições que se notabilizaram na apresentação de projetos nos domínios da educação, emprego e combate à pobreza e à exclusão social, tendo em 2017 retomado o tema do combate à pobreza e à exclusão social, com particular enfoque na pobreza infantil, dos jovens e das famílias.

Em 2018 e 2019, na sua 9ª e 10ª edições, o Prémio Manuel António da Mota deu relevo às instituições que contribuíram com os seus projetos para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Em 2020, na sua 11ª edição e que é também uma edição especial, o Prémio Manuel António da Mota, sob o lema “Portugal vence a Covid-19”, premiará as instituições que se distingam no combate à crise epidémica e às suas consequências nas áreas do combate à pobreza e exclusão social, saúde, educação, emprego, inovação e empreendedorismo social, inclusão digital e tecnológica e apoio à família.

Pelo décimo primeiro ano consecutivo, a Fundação Manuel António da Mota e a TSF-Rádio Notícias formalizaram uma parceria para a divulgação do Prémio e das iniciativas que lhe são inerentes.

 

Concorra para Portugal vencer a Covid-19